terça-feira, 30 de abril de 2013

Desfiladeiro Do Diabo




Desfiladeiro do Diabo
As minhas presas
estão fincadas na carne
sinto as correntezas
das suas veias no meu charme

uma maré sizígia
navegando as minhas entranhas
sentindo a negra magia
das almas que são minhas

seu sangue foi bebido no desfiladeiro
do Diabo onde o galo não canta
onde o cadáver é o padroeiro
conduzindo civilizações a escuridão que encanta

se mantenha acordada
e veja como irei ceifa-los
tirei tudo deles minha amada
e ainda quente você ira bebe-los.

Arthur Nett
09/04/13

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Seda




Seda

Todos os segredos do Mundo
cabem no seu beijo
doce, vital e profundo
ancorado no desejo

Meus Dedos
cabem na pele de seda
em minhas mãos se perdem seus medos
em cada olhar uma despedida

o tempo finito
da enorme paixão
faz relação com o infinito
enclausurado no coração

quando o dia nasce
admiramos o despertar do Sol
seu amor me pertence
meu beijo te conquistou.

Arthur Nett
27/02/2013

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Imortal



Imortal

Uma pessoa ferida
esperando a morte
encontra a fera adormecida
intrépida e forte

Lhe traz de volta
a imortal vida
no sangue envolta
com veneno na mordida

não conhece as leis dos Céus
suas presas iram começar a crescer
ela conhecera das almas os breus
verá como é morrer

Abrirá a porta da escuridão
sentirá como sou poderoso
com veneno no coração
sou solitário e vigoroso.

Arthur Nett
04/03/2013



quarta-feira, 17 de abril de 2013

Castelo da Bavaria



Castelo da Bavaria

Como a neve
no Castelo da Bavaria
sua doce pele
me revelaria

sua paixão me aquecendo
como as penas do gavião
um reinado se erguendo
sobre a sombra do coração

sonhos de tigre
na realidade do trono
do seu amor e ventre
serei o patrono

o corredor infinito
será minha coroa cravejada
todo caminho fica finito
ao te beijar minha amada.

Arthur Nett
09/04/2013

terça-feira, 16 de abril de 2013

Celeste



Celeste

Dias e noites entre Deus
eu estava na parede esperando
sua volta após o adeus
estava cansado

a noite toda lá fora
o dia todo aqui dentro
você foi embora
e levou meu centro

o Céu fica celeste
o Céu fica escuro
ando de Leste ao Oeste
de Norte a Sul te procuro

em sonhos sem fim
acordo na realidade
que você não vive por mim
e o amor era só uma saudade.

Arthur Nett
09/04/2013


Meu Facebook
http://www.facebook.com/arthur.nett