quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Sacrifício



Sacrifício

O sacrifício da vida
na escuridão tem início
vagando perdida
provendo o meu ofício

passa o espírito
enfrenta o medo
sem piedade e maldito
vejo sua vida se perdendo

presa à penumbra
seu coração sofre
a ferocidade rubra
meu manto te cobre

acharei uma assassina
no remorso da sua perda
minha doce menina
provara o doce néctar de tirar a vida.

Arthur Nett
24/09/2014


Nenhum comentário:

Postar um comentário