quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Reina na Neve





Reina na Neve

O calor do amor
reina na neve
derretendo com fervor
a solidão coberta de neve

lençóis de gelo
cobrem a nossa cama
fazemos o amor belo
quente como a chama

o inverno é o reinado
sua paixão é o trono
mergulhando ao seu lado
labaredas póstumas do outono

a fogueira protege o frio
não perde a chance
percorre o velho rio
águas frias as margens do tórrido romance.

Arthur Nett
14/11/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário