domingo, 11 de janeiro de 2015

Fome Animal



Fome Animal

Sangue tenro e denso
por todo o seu corpo corre
um calor imenso
de um desejo que jamais morre

uma fome animal
fora do comum
nem doce, nem sal
apenas um por um

sendo servidos
ao ser imortal
a dedo escolhidos
saciando o instinto amoral

dando um tempo
tirando a vida
levado pelo vento
cada alma perdida.

Arthur Nett
07/01/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário