quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Hard Rock





Hard Rock

Os olhos da noite com sombra azul celeste
camisas de onçinha manchada de batom
riacho de palavras doces de Leste ao Oeste
o cavalo alado do Guns’n’Roses dando o tom

Led Zeppelin guiando as luzes da aldeia
garotos livres presos á calças de couro
hordas de groupies selvagens enche a alcateia
solos de guitarra maquiando o tesouro

as jóias são a penumbra do dia no mastro
o vinil é o interlúdio da seda na extravagância
a alvorada do Kiss deixa cicatriz e rastro
Aerosmith recrutando a essência da fragrância

destinos ao vento em cabelos de Rapunzel
o pó passeia em rostos radiantes de galã
drinques que incendeiam o o azul do Céu
coreto de anjos no jardim de Satã.

Arthur Nett
17/07/2011
.

Um comentário: