quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Vistos no Céu



Vistos no Céu

As nuvens se recolhem
o Sol começa a brilhar
sobre suas asas os anjos nos acolhem
sinto o branco brilhante ao te amar

no finito horizonte
vistos no Céu
a eternidade é a fonte
da vida na Terra e seu Mel

Salpicada de estrelas
caminha nos sonhos
envolta as colinas
reluzente dos olhos

o astro rei a clarear
por muito tempo
passou a fronteira do amar
juntos como poeira ao vento.

Arthur Nett
16/10/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário