terça-feira, 1 de abril de 2014

Cerca



Cerca

Lagrimas brancas
correm sua pele alva
minhas palavras francas
te mantem a salva

meu sentimento te cerca
fazendo o amor ganhar
e com que a solidão se perca
num caminho onde posso te amar

um destino certeiro
sem nenhum erro
vivo por inteiro
no momento que encerro

sua procura por mim
todos os tempos
são testemunhas de onde vim
com você no coração na companhia dos ventos.

Arthur Nett
26/03/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário