quinta-feira, 3 de abril de 2014

Estrela Cadente



Estrela Cadente

Eu me perco me sinto sem vida
desde sua partida
estou sem saída
seguindo a calda

de uma estrela cadente
numa noite de luar
você não esta presente
para me amar

difícil de explicar
o buraco que você deixou
não consigo testemunhar
minha lagrima se acabou

mais a paixão ainda arde
no frio , no calor
para a saudade nunca é tarde
ela não dorme sem o amor.

Arthur Nett
18/02/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário