sábado, 29 de outubro de 2011

Cowboys do Asfalto




Cowboys do Asfalto


Cowboys do asfalto nas fumaças em cinzas
abutres a prova de balas em cavalos de aço
whiskey nas bandanas do vulcão em cinzas
o dragão preso na jaula dourada do braço

flexas de fogo no arco do Mustang
salto do alto do Canyon da liberdade
cruzamos o fogo com os arreios do Diabo no sangue
caminhos escravos dos rastros da liberdade

Armadura de couro cravejada de rebites
Deuses do metal correndo na veia
malditos sem destino com caveiras de enfeites
Heineken de manhã ultrapassa até a ceia

Anel de Fogo acende a noite robusta no Marlboro
jornada épica do morcego abrindo suas asas
a primeira dama a Harley com chifres de touro
estradas virgens defloradas por rodas em brasas.

Arthur Nett
15/07/2011

2 comentários: