domingo, 5 de outubro de 2014

Vale das Sombras



Vale das Sombras

Um dia inteiro
puis as garras pra afiar
sou o primeiro
e único filho a ceifar

a corrente de humanos
elos de madeira
queimando esses mundanos
ao atacar a primeira

a caminhar na região
no vale das sombras do meu ser
vendo o gavião negro do meu coração
não temendo morrer

ocupando um habitat
inóspito e profundo
onde o cão não late
algo jamais visto nesse Mundo.

Arthur Nett
15/09/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário