terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Estrela Solitária





Estrela Solitária

A Lua começa a temer
tem lagrimas nos olhos
não consegue te ver
pois mora nos meus sonhos

o Sol é uma taça de cristal
a luz é o vinho
nada mais será igual
pois meu colo é seu ninho

a estrela solitária
procura afago
na relva primaria
escondo a paixão que trago

o Céu é a mesa
servindo o sentimento
como uma proeza
da paixão em cada momento.

Arthur Nett
17/09/2012


Nenhum comentário:

Postar um comentário