segunda-feira, 18 de março de 2013

Rio



Rio

A nevoa é incapaz
de conter a fonte
onde a sempre mais
água descendo o desejo do monte

transforma a região
num lago profundo
cercando a floresta do coração
onde o amor é fundo

a mata é densa
como o primeiro beijo
o caminho intrépido compensa
até a sobrevivência do desejo

encobre o passado
com a nuvem de frio
na vida lado a lado
descemos o rio.

Arthur Nett
03/03/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário