sexta-feira, 9 de maio de 2014

Celestial



Celestial

Um sonho alucinante
não me deixa acordar
seu desejo fascinante
me faz gamar

sou residente da magia
minha vista turva
vivendo o sonho noite e dia
onde o vento faz a curva

perto do local
o anjo canta
uma cantiga celestial
nos encanta

no brilho da estrela vejo
minha linda fêmea
o néctar do desejo
me unindo a minha alma gêmea.

Arthur Nett
26/03/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário