sexta-feira, 20 de junho de 2014

Guardiões da Noite


Guardiões da Noite

Os guardiões da noite fizeram pouco
para esconder um passado obscuro
brincaram com fogo deixando o tempo louco
fizeram de milhares de ossos um ser imortal

um enxame inteiro
no solo escorria
eu sou o primeiro
de uma linhagem pura que viveria

num hibrido forte
feito de carne
desprendido da morte
progenitor do charme

séculos dormindo
noites acordado
o sangue consumido
com corpos por todo lado.

Arthur Nett
20/05/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário