terça-feira, 25 de setembro de 2012

Beijos de Aquário





Beijos de Aquário

 

Laços feitos do seu antiquário

me prendem ao fio vermelho

da bomba doce dos seus beijos de aquário

molhados e sinceros como o espelho

 

esquis dos meus versos
rompem o frio e o gelo
da sua boca e olhos dispersos
no urso polar da língua singelo

engarrafo as nuvens de algodão
de respostas improvisadas ao seu drama
surpresa sente o alivio da minha mão
o degelo no seu cabelo cor de chama

uma noite parece um minuto
uma semana parece uma hora
doce chegada como um fruto
e amargo como ir embora.

Arthur Nett
21/04/2011

Um comentário: