quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Jardim do Vestido





Jardim do Vestido

Você passa de tamanco
com esmalte vermelho
o desejo é franco
em ser seu espelho

sentir o aroma das flores
que estão no jardim do vestido
ser o maior dos amores
beijar como amante escondido

colher seu desejo
bebe-lo gota por gota
em seu beijo
deixar minha bota

no canto da sua cama
onde te possuo com maestria
meus cabelos longos são a chama
queimando o solo que conhecia.

Arthur Nett
01/10/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário