quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Sereia




Sereia

A 8000 km abaixo da água
descobri o destino
nos seus lábios desaguá
um desejo clandestino

algo mais forte que os Oceanos
profundo como os sete mares
um recife de corais dos anos
sizígia intensa aos ares

no sal milhares de rostos
ficam doces e macios
navegando nos gostos
aos ventos frios

sem você as ondas seriam um deserto
em busca de sereia
guiado pelo seu canto de perto
te beijo numa torre de areia.

Arthur Nett
01/02/2013

http://www.facebook.com/arthur.nett?fref=ts

Nenhum comentário:

Postar um comentário