terça-feira, 24 de julho de 2012

Caminho do Rio




Caminho do Rio

No rio do meu coração
todas as estrelas se põe a brilhar
no levante da eterna paixão
navegando na beira do amar

o vento lá fora
pertence a saudade no frio
que com o seu beijo vai embora
seguindo o caminho do rio

entre o perfume das flores
viro a segunda pele dela
entre os beijos e amores
ela é minha e eu sou dela

no curso do rio do amor
vejo a perfeição do momento
calado escutando a voz do amor
escondida no mais profundo sentimento.

Arthur Nett
01/05/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário