quinta-feira, 21 de junho de 2012

Flor de Mil Gotas






Flor de Mil Gotas

Avalanche de ameixas do seu perfume
na beira d’água que bombeia meu coração
cresce o Oasis do seu ciúmes
ando na chuva dos seu lábios que flamejam

as curvas mantém a linha
da centelha de ágate na grama
que cresce verde para ser minha
flor de mil gotas de chama

penteadeira dos anos faz sua make
de luvas cor do dia no iate
meus braços se esvai seu bronzeado fake
calor desfocado e brilhante de boate

trem das cores anda no seu trilho
meus beijos de morango são a hulha
da locomotiva sem porta com caixilho
fescenino de pêssego melado na fagulha.


Arthur Nett
                                                                                                                                       27/04/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário