sábado, 3 de agosto de 2013

Presas Naturais



Presas Naturais

As trevas moram aqui
sobre as sombras da criatura noturna
por mais de mil eras eu vivi
esperando a vida diurna

por mais de uma noite
estou a salvo
os raios de Sol são o açoite
no meu corpo alvo

o gelo corre nas minhas veias
e seu rosto se espelha nos meus olhos d´água
meu veneno corre as suas veias
ele é tão vital como água

ele regará seus ossos
criando suas presas naturais
os milhares de anos que viram serão nossos
solidificados como nossas presas naturais.

Arthur Nett
01/08/2013


Nenhum comentário:

Postar um comentário