segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Jardim dos Deuses


Jardim dos Deuses

Além da Terra
no jardim dos Deuses
um poema narra
como um feixe de luzes

e lágrimas do Dragão
um amor desperto
sobre as barras da escuridão
o Elfo liberto

enfrenta seus medos
em busca da fada
contas seus segredos
ao fauno sobre sua amada

cruza a fronteira
entre o perfume e a flecha
entrelaçando o arco a primeira
unidos pelo vento, a brisa os deixa.

Arthur Nett
30/10/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário